quinta-feira, 23 de outubro de 2008

10 CONSELHOS PARA EVITAR SOFRIMENTO DE ANIMAIS

10 Conselhos para evitar o sofrimento dos animais em sua vida cotidiana
1 - Roupa – Quando comprar calçados, roupas e acessórios, considere as alternativas; em vez de comprar couros, lãs e peles, compre produtos sintéticos; eles são igualmente atrativos, mais baratos e não causam dor aos animais.
2 - Comida – Diminua o consumo de carne, leite e ovos. As condições das granjas, chamadas “Fábricas”, onde a maioria dos animais de consumo são criados, são terrivelmente desumanas. As carnes, ovos e produtos lácteos são diretamente relacionados ao câncer e aos problemas de coração. O vegetarianismo é a melhor forma de viver saudável e assim não causamos o sofrimento dos animais.
3 – Opções – Procure alternativas ao uso dos produtos de origem animal. Apresente à sua família um queijo livre de colesterol chamado tofú, use creme vegetal em vez de manteiga, use produtos da padaria que não contenham ovos. Procure consumir mais produtos de soja e outros cereais para substituir a carne; existem boas opções de restaurantes e livros de culinária vegetariana.
4 – Cosméticos – Procure se informar sobre empresas que testam ou não seus produtos em animais; alguns cosméticos trazem em suas embalagens a informação de que não são testados desta maneira. Negue-se a apoiar as companhias que causam tanta dor aos animais, provando seus produtos nos olhos de coelhos e forçando cachorros, gatos e outros animais a ingerir grandes quantidades de produtos de limpeza. Não compre produtos que contenham substâncias de origem animal. Procure no site www.peta-online.org a lista com o nome das empresas que realizam esses testes.
5 – Em Casa – Conscientize seus familiares e amigos para que não cacem, pesquem ou capturem animais. Estes são esportes bárbaros e perigosos, que só causam terríveis sofrimentos, tanto aos animais quanto às pessoas, que podem se machucar com as armadilhas.
6 – Cativeiro – Aprenda a apreciar os animais em seu ambiente natural. O cativeiro é uma forma de tormento aos animais. Os treinamentos e a maneira como os animais são tratados em zoológicos, rodeios, circos e aquários, são freqüentemente abusivas. Não visite esses lugares.
7 – Educação – Proteste se houver experimentação animal em sua escola ou faculdade. Negue-se a participar de experimentos que causam dor, medo, sofrimento e morte aos animais. Sugira que se usem alternativas, como vídeos, demonstrações em computadores e modelos que se assemelhem aos animais.
8 – Albergues – Antes de levar seu animal a algum abrigo ou albergue, informe-se sobre os programas e as normas que os regem. Em muitos lugares, os animais são entregues a laboratórios, onde são usados em experimentação. Procure encontrar um lugar onde seu animal será bem tratado.
9 – Cuidado – Castre seus animais, assegure-se que estão bem tratados; muitas vezes as pessoas com as melhores intenções e muita simpatia pelos animais, se esquecem que seus próprios animais necessitam também de carinho, companhia, atenção, água, comida, ventilação, casa ou cama adequada e cuidados veterinários. Estes cuidados são de extrema importância, mas devemos lembrar também que eles precisam brincar e se exercitarem; isto é muito importante para esses animais, que passam a vida esperando que voltemos para casa.
10 – Você – Use sua voz em favor dos animais. Busque informações, aprenda como mobilizar e informar sua comunidade e círculo de convivência, para terminar com o tormento de animais para sempre.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

The Daily Puppy